Fala clube, beleza? A entrada de Grounded em todas as plataformas marcando a quebra de exclusividade do título me motivou a fazer esse conteúdo para todos os gamers que ainda não dominam completamente as principais mecânicas do jogo. Vamos explorar juntos tudo que você precisa saber para dominar o pequeno grande jardim e seus perigos. 

Entenda as propriedades ocultas das armaduras e suas atualizações, os tipos de armas e seus “encantamentos”, os bônus recebidos ao domesticar animais, como usar as fraquezas e vantagens dos monstros ao seu favor, a importância da tirolesa, o uso das missões para o desbloqueio de novas receitas de crafting, poções, e os bônus concebidos por bases bem aconchegantes. 

Eu sou o Lemm, e hoje estou aqui para te ajudar a se tornar o rei do jardim com tudo que você precisa saber para masterizar o jogo. Então já compartilha com a galera do Grounded, coloca o site nos favoritos para não se tornar mais um adolescente desaparecido de Brookhollow e seja muito bem-vindo. Então vamos ao tutorial?

Não deixem de conferir também o vídeo do YouTube, que pode ser acessado logo abaixo. E se já leu pode acessar a Parte 3 do tutorial.

| Escolher um lugar para a base

Beleza, aqui você já deve ter percebido a importância das estações de pesquisa ou estações de campo. Durante grande parte do jogo você estará as visitando para identificar novos itens ou rastrear recursos para coletar. Então essa dica básica vai evitar que você perca horas de gameplay transitando da sua casa para uma estação. Lembre-se de escolher um lugar para a sua base principal onde haja uma estação de pesquisa próxima ou de fácil acesso através da tirolesa, que falaremos mais pra frente. Você pode consultar no mapa que eu deixei todas as estações de campo do jogo, é bom consultá-lo antes de decidir se assentar em algum lugar do jardim. 

No geral, locais próximos ao lago são ótimos spots porque no late game você estará constantemente criando uma grande quantidade de poções de cura e é justamente o fundo do lago que guarda o melhor reagente e o material mais comum para a criação dessas poções. 

Criar poções utilizando algas e cogumelos é o jeito mais prático de criar poções de cura em grande quantidade, mas o importante mesmo é o reagente que você utiliza. O couve-de-músculo proporciona a maior quantidade de vida regenerada ao consumir uma poção e no laboratório do lago você encontrará uma grande quantidade que cresce a cada 5 dias de jogo. Você também pode plantar, porém o trabalho é bem maior. Em ambos os casos tenha em mente que as algas só podem ser colhidas no lago. 

  • Está sem Game Pass Ultimate? Então clique aqui e garanta já o seu com desconto.

Outra dica importante sobre a base, é que ao derrotar uma grande quantidade de bichos do mesmo tipo, um evento de cerco irá acontecer, então lembre-se que insetos aéreos também podem te atacar, não esqueça de criar um acesso rápido ao telhado da sua construção. 

Ah, fechando esse assunto de regeneração de vida, queria lembrar que o tier da refeição que você produz no fogão também influencia a quantidade máxima de buffs simultâneos que você pode manter, o HP regenerado e a duração, conforme essa tabelinha disponível na Wiki do próprio jogo.

Mais uma coisa que você tem que ter em mente desde o começo do jogo é que alguns recursos usados no crafting precisam ser processados, como por exemplo, alimentos, couros, corda de seda, corda de fibra e corda de fiapos. É muito comum jogadores iniciantes criarem corda de fibra manualmente na bancada, porém muitos não se atentam que ao fazer isso estão gastando mais recursos do que se estivessem processando essa fibra na máquina de tecer. 

Tá certo que fibra é um recurso de fácil acesso, mas em vez de você perder tempo buscando mais recurso, por que não deixar ele farmando? 

Você pode aproveitar todas as noites de sono do personagem. Lembre-se que o tempo é acelerado em no mínimo 8 horas quando você dorme. Excelente para deixar recursos secando, alimentos sendo cozinhados, tecidos sendo processados, plantas crescendo no vazo e a fornalha trabalhando a todo vapor. 

Não se preocupem com alimentos. Se você colocar um alimento para cozinhar e for dormir, esse alimento iniciará o dia com integridade de 100%. Só se certifique de dormir antes do alimento ficar pronto. 

Assim que você desenvolver o hábito de deixar itens sendo farmados antes de dormir, a primeira coisa que você precisa fazer no early game é começar a armazenar corda de seda. Essa corda é criada ao tecer teias de aranhas e é usada na fabricação de tirolesas, que é uma das features que na minha opinião muda totalmente o jogo se você souber aproveitar bem. 

Após desbloquear a tirolesa é hora de parar um pouco a evolução da campanha e se concentrar em criar a infraestrutura necessária para farmar recursos, caçar e se deslocar para todas as regiões do mapa. 

O primeiro posto avançado com tirolesa que você deve fazer, caso sua base não possua esse recurso, é o posto avançado de seiva. Seiva é um recurso usado para fazer upgrade de equipamentos, bandagem e construções. Você vai passar literalmente todo o jogo usando seiva constantemente, então ter uma fábrica de seiva é essencial para economizar tempo e focar em coisas mais divertidas do jogo. 

Agora que você já tem uma tirolesa para um recurso importante. Você pode fazer um exercício mental e se perguntar: Quais são os outros recursos que provavelmente eu usarei durante o jogo? 

Eu posso te ajudar apontando os principais postos avançados que você deve criar. Faça o seguinte, acesse o rastreador de recursos, procure cada recurso que vou falar agora e crie uma tirolesa próxima a essa região caso sua base já não esteja próxima. 

  • Algas e cogumelos: Ambos são usados ao confeccionar poções de cura. 
  • Pinça de larva: Juntamente com a seiva, produz uma pedra usada na melhoria de armas até o nível 5. 
  • Presa de aranha: Juntamente com a seiva, produz uma pedra que quando processada na fornalha, gera um metal que melhora armas para o nível 6 e 7. Também serve de reagente para adicionar propriedades de dano às armas. 
  • Pele de larva: Juntamente com a seiva é usada para produzir uma pedra que melhora armaduras até o nível 5. 

Com esses postos avançados prontos, você entrará no late game com muito mais segurança. Eu garanto que o jogo vai ficar muito mais divertido porque grande parte da diversão é justamente preparar seus equipamentos para várias situações diferentes. 

Sem essa infraestrutura você vai ter que ficar correndo pelo mapa e vai perder horas de gameplay. Possivelmente vai acabar enjoando do jogo se for um jogador mais impaciente. 

Se você for um jogador realmente caprichoso, pode até adicionar nos seus outposts os troféus e os bichinhos de pelúcia das criaturas da região. Dessa forma toda vez que você for caçar, pode habilitar tanto o buff de dano extra quanto o de drop da criatura desejada. 

| Pet Bonus

Uma das features menos utilizada pelos jogadores de Grounded é o pet. A maioria dos players tem dificuldade de usar esse recurso, principalmente porque um pet morre facilmente e você tem que ficar tomando conta dele ao se deslocar pelo mapa. 

O negócio é andar com seu companheiro com mais cautela. Um pet pode fazer uma grande diferença na sua gameplay. O segredo é usá-lo durante tarefas específicas evitando ficar o tempo todo com ele, não o leve com frequência para locais inexplorados. 

Existem três tipos de pet atualmente:

  • O gorgulho, que é capaz de diminuir drasticamente a ocorrência de sede. 
  • O pulgão, que diminui o consumo de estamina ao correr. 
  • E a mosquinha que reduz o consumo de estamina ao usar o paraquedas. 

Os pets também possuem uma mochila para te ajudar a carregar itens. É importante saber o momento certo de usá-los e no começo do jogo é fundamental utilizá-los, principalmente se você estiver jogando na dificuldade máxima. 

Nessa dificuldade você provavelmente percebeu que não consegue passar 15 minutos construindo na sua base sem que o seu personagem fique morrendo de sede. Um gorgulho no começo do jogo vai te dar tranquilidade para pensar enquanto constrói ou te auxiliar a permanecer mais tempo explorando uma caverna antes de retornar a superfície para coletar água. 

A grande verdade é que até desbloquear a casinha do PET, todo pet é descartável. Você só poderá colocar armadura no seu pet após desbloquear a casinha. Também é a casinha que vai te dar a possibilidade de deixá-lo estacionado na base em segurança enquanto você realiza uma tarefa mais perigosa. 

A dica é: Ande sempre com pelo menos um tipo de comidinha de pet, principalmente no começo do jogo, onde os pets são descartáveis. Você vai perder um pet e minutos depois já terá o substituído. Isso possibilita que fique o maior tempo possível com um dos buffs de pet. 

Falando novamente nesses buffs, cada pet possui uma função na aventura.

  • Utilize o gorgulho para garantir menor consumo de água enquanto estiver na sua base, explorando locais que aumentam a sua taxa de sede ou cavernas que deseja inspecionar sem pressa, bem minuciosamente. 
  • O pulgão é muito bem-vindo quando você precisa se deslocar grandes distâncias pelo mapa. Ele também é excelente para enfrentar inimigos a distância, já que você consegue correr por mais tempo enquanto os atinge com o arco. 
  • Por fim, a mosquinha vai ser usada pontualmente. Ela é útil para escalar grandes estruturas ou acessar locais que só podem ser acessados através do uso de paraquedas.

Alguns exemplos de uso da mosca são: Ao caçar mariposas, ao coletar ciência pura em grandes altitudes, ao se deslocar na caverna debaixo do barraco e no salto para ter acesso ao cinzeiro do Wendel. 

No fim do jogo os pets estarão muito mais resistentes já que o capacete de formiga de fogo é capaz de reduzir 75% do dano recebido, além de aumentar o HP máximo do seu bichinho. Assim que esse capacete por desbloqueado, utilizar o pet vai ser muito mais tranquilo. 

| Conclusão

Se você chegou até aqui eu só agradeço, e não percam a Parte 3 do tutorial! Esse jogo foi uma experiência survivor maravilhosa e esse conteúdo é muito mais que um tutorial, é um tributo ao título. Com essas dicas você vai poder aproveitar tudo que o game tem a oferecer. Lembre-se de jogar com calma, sem apressar o zeramento e explorar cada colecionável, caverna e eventos minuciosamente. Se gostou do conteúdo e quer de alguma forma interagir comigo, não esquece de acessar minhas redes sociais aqui.

| IMAGENS

  • Perdeu as notícias da semana passada? Então confira tudo que rolou no Resumo da Semana!

| Avaliação

História
Visual
Áudio
Jogabilidade
Diversão

| Outros Detalhes

VISUALTERCEIRA PESSOA
MODO DE JOGOMULTIPLAYER
CONQUISTAS41
TIPOAÇÃO / AVENTURA
TEMPO PARA 100%200-250 HORAS

| Loja

Se achou esse jogo interessante, aqui tem os links para as lojas parceiras.


Não deixe também de conferir todas as promoções que estão rolando na Xbox Live acessando nosso link de ofertas. E se você estiver querendo acessar os jogos do catálogo do Game Pass e sua assinatura estiver acabado não se desespere, você pode renovar seu Xbox Game Pass Ultimate usando esse link com desconto.

Autor

  • Lemm

    Sou ex-engenheiro de software, fundador do Clube Cultura Gamer (CCG), e narrador de tabletop RPG de horror. Amo os jogos eletrônicos desde 1997. Me considero um Sommelier de Games. Sou apaixonado por detalhes, histórias e mecânicas. Adoro debates fundamentados. Dou preferência a games sandbox, colony management sim, co-op, survivor e RPG. Também gosto de conversar sobre investimentos, política e a rotina da vida. Aperta o PLAY!

    View all posts