A aventura nunca contada de Gollum escapando da prisão vem pelas mãos da Daedalic Entertainment e publicado pela Nacon, trazendo uma ideia diferente ao mundo do Senhor dos Anéis.

Como fã dos livros e dos filmes ambientados no mundo do Senhor dos Anéis, esse jogo é muito bem vindo, e tivemos a sorte de poder testar ele no Xbox Serie X.

| Trailer

| A Historia

The Lord of the Rings: Gollum trata dos eventos anteriores à trilogia de livros, trata do período entre a “perda” do Anel do poder (que é encontrado pelo Bilbo) e a tentativa dele de recuperar o precioso. Durante a viagem entre a captura dele e a fuga da torre, entre lidar com os elfos e Gandalf, vai sempre ter uma luta interna entre Gollum e a outra, e mais bondosa, personalidade, Smigol, tendo conversa onde uma personalidade, escolhida por você, tenta convencer a outra a fazer uma determinada ação em vez da outra.

| O Jogo

Um jogo full-stealth, sendo Gollum o protagonista, não teria como ser de outro jeito e não tem como jogar esse jogo de outra forma, a cada erro de timing ao tentar superar um inimigo sem que ele te veja é um game over em 99% das vezes. Isso, junto com algumas questões técnicas, te leva a ter que repetir várias vezes as mesmas partes do jogo. Sim, porque a parte de parkour do jogo, em que tu precisa pular entre colunas, paredes e barras suspensas muitas vezes falha e tu acaba caindo e morrendo ou atraindo a atenção dos inimigos e isso, como já falei, trás morte e respawn no último checkpoint, por sorte isso é raro que seja longe de onde tu estava, então difícil perder tempo de mais.

  • Está sem Game Pass Ultimate? Então clique aqui e garanta já o seu com desconto.

O visual do jogo mistura realismo e estilo próprio, às vezes com sucesso e outras vezes, como por exemplo os memes que apareceram por aí sobre Gollum, não cumprindo a proposta, mas isso não impede de aproveitar algumas cenas e áreas bem bonitas.

Ao final é difícil descrever esse jogo, de um lado temos uma historia nova e uma pegada diferente entre os vários jogos ambientados no mundo do Senhor dos Anéis, do outro tem um jogo com vários problemas técnicos, e um desses até nos impediu de terminar a campanha, travando na frente de um espelho no capitulo 9.

| Jogabilidade

The Lord of the Rings: Gollum tem vários problemas de jogabilidade, sendo um jogo baseado no stealth e no parkour, muitas vezes tu acaba repetindo várias vezes o mesmo percurso por conta dos comandos não responderem bem ao que o tu quer fazer. O maior desses problemas é ao pular de uma barra suspensa para uma parede, tu toma velocidade para pular para frente, chega no topo do pêndulo e… cai igual pedra…

Basicamente tudo o que tem a ver com pulos no jogo pode se tornar uma morte, então tomem o jogo com a devida calma, porque rushar só vai dar dor de cabeça e frustração.

Tirando esses frustrantes problemas, o jogo é bem arcade e não muito complexo, o uso da visão especial do Gollum ajuda quando esta travado e não sabe onde ir, assim como o uso de pedras para atrair os inimigos para alguns pontos especifico, nada a ver com a mesma dinâmica presente em outros jogos, porque aqui funciona só se a pedra bater no inimigo (atraindo-o para você) ou bater em algo de metal, para atrair ele para o lugar do barulho.

  • Está sem Game Pass Ultimate? Então clique aqui e garanta já o seu com desconto.

| Acessibilidade

O jogo está legendado em português e tem opção para o daltonismo, tremor da câmara e tamanho do texto.

| Dicas

Se querem adquirir o jogo agora, antes que os patch com correções sejam liberados, tome o jogo com muita calma, jogue sempre com os pés no chão e analise toda a área e os movimentos dos inimigos antes de escolher onde ir. Os inimigos são programados para fazer um determinado percurso, e se não te ver, vão repetir isso sem sair da própria rota.

| Imagens

| Considerações Finais

O jogo está longe de ser perfeito, os problemas técnicos dele atrapalham, sim, mas dá para jogar e passar várias horas vivendo a aventura de Gollum e explorar esta história que ainda não foi contada nos videogames. Espere o patch se der, mas lembre que o jogo tem uma proposta bem específica e se o jogo stealth não é o seu estilo, não tem patch que resolva isso. Mas para quem curte um jogo quase totalmente sem conflitos e que baseia toda a própria gameplay nos percursos dignos de Tomb Raider e uma dinâmica full-stealh, é o jogo para vocês curtirem!

| Avaliação

História
Visual
Áudio
Jogabilidade
Diversão

| Outros Detalhes

VISUAL3D EM TERCEIRA PESSOA
MODO DE JOGOSINGLE-PLAYER
CONQUISTAS36
TIPOAVENTURA / FURTIVO

| Loja

Se achou esse jogo interessante, aqui tem os links para as lojas parceiras e se comprar na FullCards pode parcelar até 12 vezes!

Jogo concedido pela Daedalic Entertainment e Evolve PR

Não deixe também de conferir todas as promoções que estão rolando na Xbox Live acessando nosso link de ofertas. E se você estiver querendo acessar os jogos do catálogo do Game Pass e sua assinatura estiver acabado não se desespere, você pode renovar seu Xbox Game Pass Ultimate usando esse link com desconto.

Autor

  • DigitalDaigor

    Gamer por paixão, programador de profissão, tenta manter de pé o site com sangue e suor, passa a maior parte do dia lidando com codigos e o que resta divide entre família, jogos e postar alguma coisa sem sentido no blog em idioma estranho, sou importado aqui... Joga tudo desde FPS até walking simulator, mas os quebra-cabeças são a sua paixão.

    View all posts