Olá, eu sou a Fernanda e venho trazer hoje para vocês as minhas primeiras impressões de Hellblade 2: Senua’s Saga. Já adianto que o jogo está impressionante. Ao iniciar, fui imediatamente engolida por um turbilhão de emoções. A heroína, Senua, não é apenas uma guerreira; ela é uma alma ferida, com uma psique que é uma tapeçaria complexa de traumas e dissociações. Sendo amante de jogos de videogame, senti-me na obrigação de explorar cada camada do jogo com total atenção e profunda empatia pela história de Senua.

Senua é um espelho quebrado de fragmentos mentais, cada um refletindo uma faceta de sua luta interna contra a psicose. Sua jornada não é apenas física, mas uma travessia pelos recônditos de seu próprio subconsciente, onde a realidade se distorce e as vozes na escuridão ganham vida. As alucinações auditivas que a acompanham são representações vívidas de um sofrimento invisível, uma realidade psiquiátrica raramente retratada com tamanha autenticidade e respeito.

Trailer de Gameplay do Jogo

Confesso que as vozes me deixaram um pouco confusa, mas, como mulher, senti uma conexão visceral com a força e a vulnerabilidade de Senua. Ela é uma figura trágica, mas também um símbolo de resistência, enfrentando seus demônios internos e externos com uma determinação que é ao mesmo tempo inspiradora e dolorosamente real. Sua luta é um reflexo da batalha silenciosa que muitos enfrentam diariamente contra os transtornos mentais, uma guerra invisível que raramente encontra voz.

A profundidade sensorial que o jogo oferece é avassaladora. Fiz questão de prestar atenção em cada voz apresentada, uma por uma, e já aviso: está sendo impactante jogar a sequência. Cada som e cada visão estão meticulosamente projetados para arrastar o jogador para dentro da mente turbulenta de Senua. As vozes sussurrantes são um lembrete constante de sua condição, uma cacofonia que se mistura com a solidão e a dor, criando um ambiente quase palpável de tensão e desespero. Como no primeiro jogo, a jogabilidade continua simples e intuitiva, com controles responsivos, sem ser frustrante.

  • Está sem Game Pass Ultimate? Então clique aqui e garanta já o seu com desconto.

Hellblade 2 está sendo não só um jogo para mim, mas uma experiência introspectiva que me obriga a confrontar meus próprios preconceitos e entendimentos sobre a saúde mental. O jogo está me levando a uma exploração profunda da psique humana, revelando a beleza e a tragédia da mente em seus estados mais extremos. Através dos olhos de Senua, estou sendo convidada a cada minuto de jogo, sentir a opressão de sua realidade e a complexa fragilidade da mente humana quebrada dentro de uma mulher.

  • Perdeu as notícias da semana passada? Então confira tudo que rolou no Resumo da Semana!

As primeiras impressões do jogo são as melhores possíveis. Sei que ainda há muito a explorar, mas já compartilho aqui com vocês, meus colegas, o máximo da experiência que vivi desde o início desta linda jogatina. O jogo segue mantendo a atmosfera sombria e envolvente, uma narrativa profunda e uma representação inovadora e sensível da psicose. A qualidade gráfica e sonora continua contribuindo para uma experiência que prende a atenção desde os primeiros momentos, transmitindo uma resistência de espírito nunca vista antes em qualquer outro jogo com essa temática. Hellblade 2 está me lembrando que, mesmo nas profundezas da desolação, há uma centelha de luz que pode nos guiar de volta à superfície. Está sendo uma experiência única, que ressoa profundamente, um lembrete pungente da força que reside na vulnerabilidade e na aceitação de nossa própria humanidade.


Não deixe também de conferir todas as promoções que estão rolando na Xbox Live acessando nosso link de ofertas. E se você estiver querendo acessar os jogos do catálogo do Game Pass e sua assinatura estiver acabado não se desespere, você pode renovar seu Xbox Game Pass Ultimate usando esse link com desconto.

Autor

  • Fernanda Mizuno

    Um dos meus hobbys preferidos é jogar e desde 2010 minha plataforma preferida é o Xbox. Ah! Falou em conquistas, falou comigo. Curto uma variedade de gêneros de jogos, desde jogos de estratégia até RPGs e jogos de ação. Gosto de desfrutar os jogos tanto sozinha quanto em grupo, conectando-me com outras pessoas por meio de minha paixão, o mundo gamer.

    View all posts