Tive o prazer de começar a jogar Skull and Bones da Ubisoft, não apenas devido ao acesso antecipado, mas também às betas anteriores, e sempre que uma beta terminava, eu queria mais. Vamos juntos conhecer um pouco do game nesse artigo de primeiras impressões.

Desde já, agradecemos à Ubisoft por nos conceder acesso ao jogo que será lançado oficialmente para todos nesta sexta-feira. Consegui navegar pelos mares em total liberdade e descobrir mais sobre este jogo.

Trailer de Gameplay do Jogo

Vamos esclarecer um ponto: Skull and Bones não é o Assassin’s Creed só de barcos, nem uma cópia de Sea Of Thieves.

O jogo tem sua própria identidade única, apesar de compartilhar o mundo dos piratas. A maior parte da jogabilidade ocorre no mar, onde você assume o papel de capitão de um navio, navegando pelos mares infestados de criaturas lendárias e piratas sanguinários, realizando várias missões de pesquisa e destruição, coleta de materiais, negociações comerciais, caçadas e mais. Você passa a maior parte do tempo à bordo do seu navio, só desembarcando nos outposts para interagir com os piratas locais, realizar comércio e aprimorar seu navio.

Skull and Bones é o jogo ideal para quem gosta de explorar e ver coisas explodindo. A campanha é composta por várias histórias principais que fornecem dinheiro, equipamentos e melhorias, além de muitos contratos e “secundárias” disponíveis nos outposts, que o levam para outras regiões e descobertas.

O mundo do jogo já é bastante amplo, com 620km², e leva um bom tempo para navegar entre os vários pontos (e sim, há viagem rápida se estiver em um outpost). Ele é dividido em quatro regiões diferentes, cada uma dominada por uma facção distinta e três mega corporações. No entanto, é possível que o mapa seja ainda expandido no futuro, o que seria muito bem-vindo.

O objetivo do jogo, além de proporcionar emocionantes batalhas navais e explosões, é construir seu próprio império pirata, começando como um pária e avançando até se tornar um “Chefão” após alcançar 10 níveis de infâmia. Você pode escolher que tipo de pirata deseja ser. Por exemplo, eu sou um tanto quanto malvado e acredito que tudo que se move precisa ser explodido. No meu mundo pirata, a lealdade é apenas para a própria tripulação.

A personalização do seu navio vai além dos elementos estéticos e inclui armas e defesas. Dependendo do tipo de navio, você pode equipá-lo com mais ou menos armas, começando com três para navios de porte médio e aumentando as armas conforme você vai conseguindo navios maiores. Você pode personalizar o tipo de arma, seja para combate de curto ou longo alcance, para causar incêndios ou ataques aéreos (não tem drones não, só morteiros e foguetes), tudo depende do seu estilo de combate e das munições disponíveis.

As opções de personalização estética não param por aí, tem a personalização do seu avatar também! Depois da personalização inicial, você pode adicionar ou remover tatuagens, cicatrizes e mais, além de escolher entre várias vestimentas de pirata de diferentes regiões, desde a elegância dos piratas franceses até o estilo das tribos do mar. Essas personalizações podem ser adquiridas através de missões ou compradas com o dinheiro do jogo ou com moedas do passe.

Quanto à jogabilidade, ela é bastante intuitiva. O botão A acelera o navio (com vários níveis de velocidade dependendo do tipo de navio), enquanto o botão B desacelera. As teclas esquerda e direita controlam a direção. Não há ré (risos). Girando a câmera, você pode mirar com os canhões. É importante lembrar o alcance e a função de cada arma para maximizar sua eficácia no combate.

Nos outposts maiores, você encontrará tudo o que precisa para seu avatar ou seu navio, desde comerciantes de comida e munições, até ateliês e ferreiros, além do armazém, onde pode guardar seus tesouros para não correr o risco de perdê-los em uma batalha naval. E lembre-se sempre: os kits de reparo nunca são de mais.

  • Está sem Game Pass Ultimate? Então clique aqui e garanta já o seu com desconto.

O jogo em si é predominantemente PvE, com até três jogadores por grupo, mas eventos globais podem ativar o PvP, e se o servidor estiver cheio, pode haver até 20 navios competindo pelo prêmio. Esses eventos são altamente lucrativos e oferecem ótimas recompensas para ajudar seu império a crescer!

Mas o que acontece quando você se torna o pirata mais temido dos sete mares? O jogo não termina quando você alcança o topo da cadeia alimentar. Você continuará a criar, manter e expandir seu império, capturando novos territórios, defendendo-se de outros piratas, e buscando as riquezas lendárias dos mares e muito mais!

  • Perdeu as notícias da semana passada? Então confira tudo que rolou no Resumo da Semana!

Essas foram as primeiras impressões. Aguardo vocês nos próximos conteúdos e na análise final do jogo. Até a próxima galera! E se você é ansioso e não quer esperar a review completa, é só dar uma olhada logo abaixo na lojinha e adquirir o jogo em nossos parceiros!


Não deixe também de conferir todas as promoções que estão rolando na Xbox Live acessando nosso link de ofertas. E se você estiver querendo acessar os jogos do catálogo do Game Pass e sua assinatura estiver acabado não se desespere, você pode renovar seu Xbox Game Pass Ultimate usando esse link com desconto.

Autor

  • DigitalDaigor

    Gamer por paixão, programador de profissão, tenta manter de pé o site com sangue e suor, passa a maior parte do dia lidando com codigos e o que resta divide entre família, jogos e postar alguma coisa sem sentido no blog em idioma estranho, sou importado aqui... Joga tudo desde FPS até walking simulator, mas os quebra-cabeças são a sua paixão.