Olá leitores do site Gamerscore Brasil, me chamo Darlyson e hoje quero comentar brevemente sobre um dos meus jogos favoritos, o Mortal Kombat 11. Originalmente lançado para todas as plataformas em novembro de 2020, o game foi desenvolvido pela NetherRealm Studios e publicado pela Warner Bros Games.

| Trailer

| História

A história de Mortal Kombat 11 conta com o retorno de personagens de MK 9 e apresenta uma nova vilã que pode manipular a ampulheta do tempo, causando um conflito entre a linha do tempo antiga e a original. Mas será que no final o bem prevalecerá sobre o mal?

Com a nova história envolvendo linhas do tempo, alguns personagens queridos voltaram à tona. Mileena, por exemplo, voltou depois de sua trágica morte no jogo anterior, o que até hoje divide opiniões entre os jogadores que gostaram e os que não gostaram, seja da dublagem ou dos gráficos.

| Jogabilidade

Não é segredo para ninguém que Mortal Kombat é uma franquia muito aclamada por todos os fãs, desde os clássicos até os tempos atuais com Mortal Kombat 11 (e recentemente com o lançamento de Mortal Kombat 1). Várias portas e oportunidades foram abertas para os gamers que já gostavam da franquia. Com o sistema de personalização de personagens aprimorado, é possível vestir e estilizar o personagem como você achar mais adequado. 

  • Está sem Game Pass Ultimate? Então clique aqui e garanta já o seu com desconto.

A kripta teve uma ampliação e várias melhorias em comparação com as versões anteriores, os modos ficaram mais diversificados. Para quem gosta de colaborações, deve ter adorado a participação de personagens ilustres como Coringa, Robocop, Rambo, Exterminador do Futuro, Spawn, entre outros.

| Dicas

Estando com dificuldade para conseguir mudar seu estilo com roupas nas Torres do Tempo foque em acumular moedas, almas e corações e gaste tudo na kripta, esse lugar misterioso está localizado na ilha de Shang Tsung, descubra os mistérios que te aguardam nessa incrível jornada.

| Imagens

| Considerações Finais

Mortal Kombat 11, comparado com o jogo anterior (Mortal Kombat X), teve várias melhorias em questão de gráficos e dublagem, mas a falta de alguns personagens icônicos deixaram a desejar, como a ausência dos ciborgues Cyrax, Sektor, e dos ninjas Smoke, Ermac e Reptile, que eram amados por vários gamers da antiga e da nova geração, mas isso não muda o fato de que a jogatina é incrível e revolucionária.

O modo história está incrível e completo, abrindo portas para outras histórias. Divirta-se jogando por horas, moldando o estilo do seu personagem como quiser. A volta dos “friendships” fez os fãs irem à loucura.

A jogabilidade teve um desempenho aprimorado e a lista de golpes tem uma leve mudança de acordo com a variação personalizada do seu personagem, agora, além das roupas você pode escolher seus ataques especiais com direito a até três ataques diferentes para cada personagem, além de sua introdução, finalização e até a voz do narrador.

Para quem não tem o costume de jogar, o modo treino está liberado para aprender novas técnicas e ampliar suas habilidades na hora do “Kombate.”

  • Perdeu as notícias da semana passada? Então confira tudo que rolou no Resumo da Semana!

| Avaliação

História
Visual
Áudio
Jogabilidade
Diversão

| Outros detalhes

VISUAL2D COM ELEMENTOS 3D
MODO DE JOGOSINGLE-PLAYER / MULTIPLAYER
CONQUISTAS58
TIPOLUTA
TEMPO PARA 1000G40 A 50 HORAS

| Loja

Se achou esse jogo interessantem ou simplesmente quer um jogo para adicionar mais 1000G na conta, aqui tem os links para as lojas parceiras e se comprar na FullCards pode parcelar em até 12 vezes!


Não deixe também de conferir todas as promoções que estão rolando na Xbox Live acessando nosso link de ofertas. E se você estiver querendo acessar os jogos do catálogo do Game Pass e sua assinatura estiver acabado não se desespere, você pode renovar seu Xbox Game Pass Ultimate usando esse link com desconto.

Autor

  • DarlysonGod

    Sou o Darlyson Vital, tenho 17 anos, gosto de escrever sobre jogos da antiga e da nova geração, além de ter uma perspectiva diferente e retratar a história dos jogos de um ponto de vista de alguém que realmente joga e aprecia essa arte.