Humanity é um game de puzzles publicado e desenvolvido pela Enhance e lançado no dia 30 de maio de 2024 em múltiplas plataformas, porém para quem joga no Xbox terá uma grande vantagem, pois o jogo chega como parte do serviço Game Pass, disponível desde o primeiro dia de seu lançamento.

| TRAILER

| ENREDO

O game Humanity é simples e de fácil entendimento, o jogador controla um cachorro Shiba Inu encarregado de comandar a raça humana para a salvação, para isso somos colocados em fases no qual o objetivo é colocar uma quantidade mínima de seres humanos dentro de um quadrado brilhoso para que eles sejam abduzidos e a fase seja completada. Humanity conta com 90 níveis em seu modo história e existe também a possibilidade de se criar e jogar fases feitas pela comunidade.

| JOGABILIDADE

Os comandos do game são bastante simples, controlamos o cachorro com os direcionais e assim que a fase começa os humanos saem de uma porta em um ponto do mapa e a partir daí precisamos guiá-los. Podemos colocar setas direcionadas, pistas de pulo, pistas de pulo alto, pistas de pulo longo, pistas de flutuação entre outros recursos desbloqueáveis, tudo com o intuito de facilitar a chegada das pessoas na plataforma de abdução. As fases do game podem conter até 3 seres humanos dourados coletáveis e para que eles sejam coletados é necessário que os humanos comuns passem por cima deles e a partir daí os dourados entram na fila junto aos demais. Os níveis do jogo contam com plataformas que podem ser empurradas, plataformas móveis, buracos, saídas e entradas de ar, botões que ao serem apertados desbloqueiam partes da fase, entre outros vários tipos de obstáculos.

No modo campanha completando as fases desbloqueamos novos mundos com novos níveis e habilidades a serem destravadas, como dito anteriormente certas fases você pode ganhar 1, 2 ou 3 humanos de ouro, totalizando no final do game 150 ao todo. A cada ser humano de ouro pego em fases, você sobe um escalão de pontos que desbloqueiam novas habilidades, recursos e skins de humanos.

| IMAGENS

| CONSTRUÇÃO ARTÍSTICA E GRÁFICOS

O jogo tem um gráfico minimalista, porém, visto que existem muitos seres humanos surgindo na tela acredito que essa simplicidade serviu para não deixar o game com baixo desempenho e nesse aspecto funciona bem, já que mesmo com toda a exorbitante quantidade de pessoas aparecendo o game não caiu frame, não crashou ou tão pouco bugou.

O game é bem no estilo que o designer Tetsuya Mizuguchi gosta de trabalhar. A temática cósmica de jogos como Tetris Efect Connected e Rez se encontra bem presente aqui. Poucos detalhes, minimalismo, caos e paletas de cores neutras definem o visual do jogo.

Na parte sonora o game é bem ruim, em determinado momento você pode trocar as músicas do jogo, porém mesmo trocando de música o jogo não melhora ou empolga. Os sons do game não são bons, vários deles não combinam, nem os sons de efeito são realmente bons, sendo esse um jogo que peca muito no aspecto sonoro.

Humanity é otimizado para os Xbox Series X|S, é compatível com o smart delivery, suporta mouse e teclado, porém não conta com legendas em Português-BR na data de seu lançamento, como recursos do jogo, você pode inverter comandos, habilitar ou desabilitar vibração, ajustar o brilho e fazer ajuste de som. Um bom recurso de acessibilidade no jogo é que você pode ativar a resolução da fase em vídeo a qualquer momento em qualquer nível, ótima opção para fases mais difíceis. As conquistas do game não estavam disponíveis na versão antecipada que eu joguei, porém acredito que Humanity não será muito difícil de fazer score devido a simplicidade do jogo.

  • Está sem Game Pass Ultimate? Então clique aqui e garanta já o seu com desconto.

| CONSIDERAÇÕES FINAIS

Para finalizar o meu review posso dizer que juntando o visual minimalista com músicas simples e uma gameplay lenta o jogo não tem grandes destaques! dificilmente alguém vai conseguir jogar Humanity por longos períodos sem ficar travado em algumas fases.

Agradeço a desenvolvedora do game pelo envio antecipado para que a análise pudesse ser feita com calma, indico esse game para pessoas que gostam de puzzles e pessoas que jogaram alguma das obras do Tetsuya Mizuguchi e gostam do seu estilo artístico.

| AVALIAÇÃO

História
Visual
Áudio
Jogabilidade
Diversão

| OUTROS DETALHES

VISUAL3D
MODO DE JOGOSINGLE-PLAYER
CONQUISTAS54
TIPOPUZZLES
TEMPO PARA 1000G20-25 HORAS

Não deixe também de conferir todas as promoções que estão rolando na Xbox Live acessando nosso link de ofertas. E se você estiver querendo acessar os jogos do catálogo do Game Pass e sua assinatura estiver acabado não se desespere, você pode renovar seu Xbox Game Pass Ultimate usando esse link com desconto.

Autor

  • GuilXD48

    Gosta de Games, Rock e queijo! Joga muito, e de tudo um pouco! caixista de carteirinha. Seus gêneros de jogos favoritos são de ação, aventura e puzzles, e sua franquia favorita é a do Batman Arkham (R.I.P Batman) Ainda acredita em jogos com campanhas lineares... mesmo com a crescente de games de mundo aberto, e multiplayers.

    View all posts