Elden Ring despontou como um fenômeno na indústria dos jogos, não apenas por ser a mais recente obra-prima da FromSoftware, mas também pela colaboração com George R. R. Martin, cuja fama precede seu nome graças à série “As Crônicas de Gelo e Fogo” e sua adaptação televisiva, Game of Thrones. A influência de Martin permeia cada aspecto do mundo de Elden Ring, desde a mitologia até os personagens que povoam as terras intermédias.

| A Mitologia de Martin: O Coração de Elden Ring

Martin não foi apenas um consultor, ele desempenhou um papel essencial na criação da mitologia de Elden Ring. A história antiga do jogo, conhecida como “The Shattering“, foi concebida por Martin, estabelecendo a base sobre a qual a narrativa do jogo se desenvolveu. Os semideuses, fundamentais para a trama, são fruto de sua imaginação, cada um com suas próprias histórias, motivações e falhas, proporcionando uma profundidade raramente vista em jogos Soulslike.

| Personagens e Inimigos: As Criações de Um Mestre da Fantasia

Os personagens principais de Elden Ring, embora ganhem vida pela FromSoftware, têm suas raízes nas descrições de Martin. Ele forneceu uma base rica para os desenvolvedores expandirem, criando personagens que não são apenas desafios a serem superados, mas também figuras com histórias complexas que os jogadores podem desvendar. Os inimigos e adversários do jogo, com seus designs e motivações únicos, também carregam o selo de Martin, contribuindo para a atmosfera singular do jogo.

  • Está sem Game Pass Ultimate? Então clique aqui e garanta já o seu com desconto.

| Ambientação e Atmosfera: Um Mundo que Respira Martin

A ambientação de Elden Ring é um testemunho da habilidade de Martin em criar mundos expansivos e detalhados. As terras intermédias são um mosaico de reinos e paisagens que refletem a grandiosidade e a decadência, elementos frequentemente encontrados em suas obras literárias. A sensação de exploração e descoberta é amplificada pela percepção de que cada local tem uma história para contar, muitas das quais tiveram origem na mente de Martin.

Além disso, Martin escreveu descrições de itens e textos que enriquecem o lore de Elden Ring. Esses pequenos fragmentos de texto dão aos jogadores pistas sobre o mundo e suas complexidades, incentivando-os a mergulhar mais fundo na história e a conectar os pontos por conta própria.

Não posso deixar de mencionar as comparações entre Final Fantasy XVI e Game of Thrones, embora a primeira careça da influência direta de Martin. As semelhanças parecem residir mais na superfície, com temas de política de reinos e batalhas pelo poder. Elden Ring, por outro lado, é uma obra que Martin ajudou a moldar, não apenas inspirando-se em sua escrita, mas também contribuindo diretamente para o enredo do jogo.

| IMAGENS

Quando você joga o jogo dos tronos, você vence ou morre.

Cersei Lannister em Game of Thrones.

| A história antiga do jogo: The Shattering, por George R. R. Martin

“The Shattering” é um evento cataclísmico na história de Elden Ring que serve como pano de fundo para os eventos do jogo. Aqui descrevo esse evento:

Durante a Era Dourada da Árvore Erdtree, um fragmento da Runa da Morte foi roubado por Ranni, a Bruxa, que o utilizou para forjar facas capazes de matar deuses. Essas facas foram usadas pelos Assassinos da Faca Negra, que numa noite invadiram Leyndell e assassinaram Godwyn, o Dourado. A morte de Godwyn desencadeou uma série de eventos trágicos.

Em resposta à morte de Godwyn, sua mãe, a Rainha Marika, a Eterna, despedaçou o Anel Pristino usando seu martelo. Radagon, o consorte de Marika e segundo Senhor Elden, tentou reparar o Anel Pristino com o mesmo martelo, mas sem sucesso. Como punição por seu ato, Marika foi aprisionada dentro da Árvore Erdtree, apesar de sua divindade.

Os fragmentos do Anel Pristino, conhecidos como Grandes Runas, foram herdados pelos filhos semideuses de Marika. Corrompidos pela força das Grandes Runas, os semideuses entraram em guerra, e o conflito ficou conhecido como “The Shattering”. Essa guerra resultou na queda das Terras Intermédias em ruínas.

Cada semideus herdou uma Grande Runa e com ela, um poder imenso que desencadeou uma luta pelo poder e controle sobre as Terras Intermédias. A guerra entre os semideuses e seus seguidores fragmentou ainda mais o mundo, levando ao estado desolado e fragmentado que o jogador encontra no início do jogo.

The Shattering é portanto um evento central na lore de Elden Ring, estabelecendo o cenário para a jornada do jogador em busca de restaurar o Anel Pristino e tornar-se o Elden Lord. É um conto de ambição, traição e a busca incessante pelo poder, temas que são frequentemente explorados nas obras de George R. R. Martin.

| TRAILER

| Conclusão: O Legado de Martin em Elden Ring

Elden Ring é mais do que um jogo; é uma experiência que carrega o legado de George R. R. Martin em seu núcleo. A colaboração entre Martin e a FromSoftware resultou em um mundo que não apenas estabelece novos padrões para RPGs de mundo aberto, mas também oferece aos jogadores uma jornada pelas terras que Martin ajudou a criar.

Minha jornada pelas Terras Intermédias de Elden Ring tem sido uma aventura sem igual. A cada passo, a cada novo horizonte que se descortina diante dos meus olhos, sinto-me mais imerso neste mundo aberto e repleto de mistérios. As paisagens vastas e variadas, os inimigos formidáveis e os mistérios são apenas o início de uma saga que sei que ainda tem muito a revelar.

Ainda há muitos caminhos a percorrer, inimigos a enfrentar e segredos a desvendar. Com cada vitória, cresce a antecipação pelo que está por vir, e com cada derrota, a determinação de superar os desafios aumenta.

Elden Ring é um convite para viver uma aventura épica que poderia muito bem ser uma página perdida de “As Crônicas de Gelo e Fogo”. Para os amantes de RPG e jogos no estilo Soulslike, este é um mundo que promete não apenas testar suas habilidades, mas também contar uma história digna dos bardos. “Quando você joga o jogo dos tronos, você vence ou morre”, mas em Elden Ring, cada morte é apenas o começo de uma nova conquista.

Recomendo Elden Ring a todos que buscam uma experiência profunda, desafiadora e recompensadora. Que as chamas do seu coração guiem seu caminho, Tarnished, e que a luz da Árvore Erdtree ilumine sua busca pelo Anel Pristino.

| AVALIAÇÃO

História
Visual
Áudio
Jogabilidade
Diversão

| OUTROS DETALHES

VISUALTERCEIRA PESSOA
MODO DE JOGOMULTIPLAYER
CONQUISTAS42
TIPORPG / SOULSLIKE
TEMPO PARA 1000G80-100 HORAS

| LOJA

Se achou esse jogo interessante, aqui tem os links para as lojas parceiras e se comprar pode estar ajudando o site!

Jogo adquirido por nossa equipe.

Não deixe também de conferir todas as promoções que estão rolando na Xbox Live acessando nosso link de ofertas. E se você estiver querendo acessar os jogos do catálogo do Game Pass e sua assinatura estiver acabado não se desespere, você pode renovar seu Xbox Game Pass Ultimate usando esse link com desconto.

Autor

  • TST Auditore

    Técnico de Segurança do Trabalho com prazer, porque se desejam ficar ricos, escolham outra profissão. Nas horas vagas, me aventuro nos mundos dos jogos, sendo um guerreiro corajoso, um ladrão astuto e um assassino implacável e, é claro, falho em todas essas missões com maestria.

    View all posts