Explore e colete recursos para construir do zero uma cidade automatizada pelos seus companheiros Grammis, aprimores seus equipamentos para enfrentar inimigos poderosos. O jogo foi desenvolvido e publicado pela Preferred Networks e desde já agradecemos pelo código cedido para esta análise.

| Trailer

| Jogabilidade

O jogo tem uma progressão lenta, que te coloca em uma tarefa de coleta de materiais para aos poucos ir construindo e aprimorando seus equipamentos, assim desenvolvendo a sua cidade. Algo comum em jogos de sobrevivência e criação, mas aqui você conta com a ajuda dos Gremmis, robozinhos que você aos poucos vai criando com apenas um item que pode ser encontrado facilmente em baús espalhados pelo mapa, porém seu limite de quantidade de Gremmis que podem ser recrutados vai sendo liberado aos poucos.

Você pode programar cada um dos Gremmis para que eles executem tarefas complexas e em conjunto dentro de sua cidade, desde que você forneça os recursos necessários e as bancadas de trabalho para que eles venham executar os crafts que você deseja, assim enquanto você sai para buscar mais recursos e enfrentar inimigos para pegar seus espólios, os Grammis estarão trabalhando sem parar para quando você retornar a sua base.

Você pode aprimorar os seus equipamentos e se preparar para uma nova expedição, descobrindo lugares mais distantes com inimigos novos que te darão novos espólios para criação de novos item. Então logo logo você deve estar forte o suficiente para ir de encontro com o chefão da primeira área, que possuí ataques poderosos mas com padrões de movimento simples de serem memorizados, facilitando os seus contra-ataques.

Depois que finalmente derrotar o chefe ele soltará um item, que com ele você poderá construir uma máquina de análise de dados, que converterá todos os itens que você coletar em dados. De acordo com a quantidade de dados que você converter, te desbloqueará novos projetos e aumentará a capacidade de Gremmis em sua cidade, até alcançar o nível em que desbloqueará o local de um novo mestre em uma nova área, com novos monstros e novos espólios que lhe darão acesso a novos equipamentos

  • Está sem Game Pass Ultimate? Então clique aqui e garanta já o seu com desconto.

| Dicas e Acessibilidade

Os combates exigem calma e acertar o momento exato para executar os movimentos de ataque, defesa e esquiva, ainda mais que o jogo conta com um sistema de estamina, além dos itens de alimento que funcionam como cura e aumento da barra de estamina. Mas eles tem um uso limitado por tempo, podendo consumir até 3 de uma vez, mas só poderá usá-los novamente assim que o tempo acabar, como se o organismo do personagem ainda estivesse terminando de digerir a ultima comida. Mas sempre procure sair com dúzias de cada um dos 3 itens, assim facilitará muito seus confrontos, pois a tática de bater e correr aqui funciona bem, pois quando o tempo do item acabar você poderá voltar a encurtar distancia de seus inimigos.

| Considerações Finais

O jogo começa de maneira bem simples, mas ele te permite alcançar grandes possibilidades de acordo com a sua criatividade, incluindo poder se juntar com amigos cooperativamente para juntos planejar o desenvolvimento de sua cidade e assim alcançar os objetivos do jogo de forma mais rápida.

Seus comandos são simples assim como as telas dos menus de criação e as descrições de seus materiais, tornando tudo de fácil compreensão e rápido aprendizado, apesar de também possuir um tutorial bem explicativo.

O jogo tem um visual bonito, apesar de possuir modelos 3D simples, os efeitos gráficos são extremamente bons, e as animações são bem trabalhadas, exceto de alguns inimigos que ficaram com uma movimentação mais simples. Ele ainda se encontra em desenvolvimento, e acaba tendo a gameplay como seu principal fator positivo. Não tendo uma história profunda, mas possuindo muito potencial, pois já existe aba de missões de história no menu, mas ainda não disponibilizaram nenhuma, além de ter como atual objetivo derrotar o chefe de cada área e conquistar novos patamares na sua cidade.

Alguns pontos que senti falta, foi do equilíbrio da área do mapa que é bem grande e sem muitos pontos de interesse, tendo apenas algumas estruturas como fortes lotados de inimigos que guardam um baú com um item importante e necessário para invocar o chefe da região, mas que requer bastante progresso no jogo para conseguir ter sucesso ao atacar o forte. E com sua pequena diversidade de animais e inimigos, que sempre dão o mesmo tipo de espólios, nunca tendo uma probabilidade de soltarem algum item mais raro ao serem derrotados. Além de sua trilha sonora calma enjoar rápido e acaba deixando o ambiente com um sentimento de vastidão vazia.

  • Perdeu as notícias da semana passada? Então confira tudo que rolou no Resumo da Semana!

| Avaliação

História
Visual
Áudio
Jogabilidade
Diversão

Essa foi nossa análise de Omega Crafter, que está em acesso antecipado na Steam. Muito obrigado e até a próxima!


Não deixe também de conferir todas as promoções que estão rolando na Xbox Live acessando nosso link de ofertas. E se você estiver querendo acessar os jogos do catálogo do Game Pass e sua assinatura estiver acabado não se desespere, você pode renovar seu Xbox Game Pass Ultimate usando esse link com desconto.

Autor

  • O J

    Jogador casual e fascinado por histórias desde a infância, agora autor do time GamerManíacos. Jogando sempre que posso e até adormecer no sofá. Gosto de todos os tipos de jogos, exceto de esportes, esporte mesmo, só fora do video-game.