Like a Dragon Gaiden: The Man Who Erased His Name é um titulo menor da série que traz de volta Kiryu e apenas ele como protagonista da série.  Diferente dos títulos anteriores, esse game não chega a ser tão longo, contando apenas com 5 capítulos e um mapa minúsculo. Esse Jogo acontece após o sexto e durante os acontecimentos do Like a Dragon (sétimo game da franquia). Então sem mais delongas vamos a história!

| TRAILER

| HISTÓRIA

A história do game se passa após o final do Like a Dragon 6 onde Kiryu faz um acordo com o Clã Daidoji no qual forjariam sua morte, em troca eles deixariam alguns amigos e as crianças do Glória do Amanhã em paz. Kiryu começa a realizar serviços para eles e agora passa a utilizar um outro nome: Joryu.

Após uma missão dada a ele, um dos membros de seu grupo é capturado e contra a vontade de muitos, após sentar a porrada, ele parte em busca de salvar o membro do Daidoji. Os inimigos descobrem que Kiryu está vivo, mas ele nega. Um fato interessante é que ele está com o mesmo visual e a única coisa que o diferencia dos demais games é o uso de um óculos que misteriosamente faz com que todos não o reconheçam (Clark Kent, é você?).

Após salvar o “amigo” ele parte em missão para descobrir quem estava por trás do ataque e descobre que outra facção já bastante conhecida queria sua ajuda para depois forçar sua morte novamente, mas isso significaria trair os Daidoji e quebrar o acordo que mantinha as crianças a salvo. Assim, ele busca outras alternativas.

Nesse meio tempo conhecemos Akame, a faz tudo. Ela tem uma rede de proteção e serviços e Kiryu vira o faz tudo dela. Ela tem muitas conexões e juntos eles descobrem que as pistas os levam até o Castle, um coliseu onde os lutadores se enfrentam. Kiryu entra na competição como azarão e acaba reproduzindo lutas de outros jogos com lutadores atores, chegando a enfrentar uma versão de si. Após descobrir quem estava por tras das ações do Castle somos levados a um evento que acontece no Like a Dragon, a grande dissolução. Onde encontramos com o grupo de Ichiban e reencontramos outros personagens já carimbados na série. Ao final temos revelações emocionantes que deixo a você, caro leitor, descobrir.

  • Está sem Game Pass Ultimate? Então clique aqui e garanta já o seu com desconto.

| JOGABILIDADE

A jogabilidade do game é a mesma implementada em outros jogos. Sim, ele é um jogo de ação com beat ‘n up. Diferente do Like a Dragon 7 e do Infinite Wealth que são RPG’s de turno. Aqui voltamos a boa e velha pancadaria. Se você gostou dos títulos anteriores certamente gostará desse. Embora, tenhamos algumas mudanças para apenas 2 estilos de luta. Um é o Yakuza que você é praticamente um tanque de guerra no quesito amassar faces e o outro o tecnológico onde, sendo sincero, um está mais para super poder inútil. Já que ele usa uma rede para trazer os inimigos para perto e acertá-los, mas os combos não são tão eficientes e tiram bem menos dano. Com relação a outros títulos como o Yakuza 0 é uma redução gigante na forma de lutar. A jogabilidade não chega a ser ruim, mas acaba se tornando um pouco cansativa por ter poucas opções de combos.

| IMAGENS

| DICAS E ACESSIBILIDADE

A maior dica que se pode ter nele é ao chegar no capitulo 3, e for a Castle, use e abuse das lutas no coliseu, pois a quantidade de dinheiro que você ganhará ajudará a comprar algumas habilidades que ajudarão bastante durante a sua jogatina.

A rede Akame é outra opção valiosa ao obter recursos e caso queira pegar todas as habilidades você terá que fazer muitos pedidos dela já que ao terminar ganhamos dinheiro do jogo e pontos de recompensas que podem ser utilizados para comprar algumas habilidades poderosas.

| CONSIDERAÇÕES FINAIS

Like a Dragon Gaiden: The Man Who Erased His Name é um bom título, mas se você passou longe dos Yakuza 6 e do Like a Dragon acabará ficando completamente perdido. A história do jogo é muito simples e acaba não te cativando tanto como em outros jogos da série. Os fãs mais fervorosos do jogo podem desfrutar um pouco mais e aproveitar, mas fica aquela impressão de que falta algo. E o que seria esse algo a mais? Pois vos digo. É justamente tudo que você encontrará no Infinite Wealth. O jogo poderia ser facilmente uma DLC, mas parece ter tido dificuldade em onde encaixá-la em um dos títulos estreados por Ichiban. Não diria ser um jogo ruim, mas a experiencia passa um pouco distante de ser das melhores.

| AVALIAÇÃO

História
Visual
Áudio
Jogabilidade
Diversão

| OUTROS DETALHES

VISUALTERCEIRA PESSOA
MODO DE JOGOSINGLE-PLAYER
CONQUISTAS61
TIPOAÇÃO / BEAT N UP / RPG
TEMPO PARA 1000G 12-18 HORAS
  • Perdeu as notícias da semana passada? Então confira tudo que rolou no Resumo da Semana!

| LOJA

Se achou esse jogo interessante, aqui tem os links para as lojas parceiras e se comprar pode estar ajudando a manter o site!

Jogo adquirido por nossa equipe.

Não deixe também de conferir todas as promoções que estão rolando na Xbox Live acessando nosso link de ofertas. E se você estiver querendo acessar os jogos do catálogo do Game Pass e sua assinatura estiver acabado não se desespere, você pode renovar seu Xbox Game Pass Ultimate usando esse link com desconto.

Autor