Dead Space usará o poder do PC e consoles da atual geração, como o Xbox Series X|S, para erradicar as telas de carregamento, confirmou a EA Motive Studios em um post no seu blog, além de descobrir alguns dos novos recursos do reboot.

Em um post no blog discutindo uma série de adições que vêm com o reboot de Dead Space, a Motive Studios disse que o jogo oferecerá uma experiência totalmente ininterrupta, sem as intrusões de telas de carregamento, bem como uma série de outras adições, o que o estúdio diz ser porque não é apenas “entrar e melhorar os gráficos”.

Dead Space deve ser lançado em 27 de janeiro para Xbox Series X|S.

| Trailer do teaser de Dead Space Remake

“Também estamos realmente criando todo o jogo como um tiro sequencial”, disse o produtor sênior Philippe Ducharme. “Desde o momento em que você começa o jogo até o momento em que você termina o jogo, não há cortes de câmera ou telas de loading – a menos que você morra. O Ishimura está agora totalmente interconectado, então você pode caminhar do Ponto A ao Ponto Z, visitar todo o navio e revisitar locais que você já completou para pegar coisas que você pode ter perdido – isso é tudo novo. Agora é uma experiência completamente ininterrupta.”

O post no blog diz que a equipe está comprometida em honrar o legado do jogo, mas isso não significa que melhorias adicionais não serão feitas. As bases principais permanecerão as mesmas, mas a experiência será construída para garantir que seja atraente para jogadores novos e antigos. Com a ajuda de muitos jogadores dentro da base de fãs mais hardcore do Dead Space, a Motive trabalhou para dar a Isaac uma voz desta vez, o que é algo que a série não tinha até Dead Space 2, enquanto personagens mais secundários que só estavam disponíveis através de registros de voz colecionáveis agora aparecerão no jogo, oferecendo uma série de novas missões secundárias orientadas por narrativa para embarcarmos. Além disso, todo o jogo está sendo reconstruído no motor Frostbite da EA, aumentando quase todos os aspectos do jogo, como apenas zero-G, traversal, iluminação e animações de combate que permitem ver pedaços de carne sendo explodidos de seus inimigos.

“No geral, porém, queremos garantir que as pessoas entendam que não estamos apenas entrando e melhorando os gráficos”, disse Ducharme, “embora isso teria sido incrível por conta própria! Mas também é a adição de todo o novo conteúdo, a adição de lore, esse tipo de profundidade, para criar uma experiência nova e aprimorada.”

Recomendamos conferir o blog no site da EA para ler o post completo, pois é uma leitura fascinante. Se você quiser experimentar a trilogia original do Dead Space antes do lançamento deste reboot, e ter uma assinatura do Xbox Game Pass Ultimate, todos os três jogos estão disponíveis via EA Play.

  • Está sem Game Pass Ultimate? Então clique aqui e garanta já o seu com desconto.

O que você acha do que saiu sobre o game até agora? Você está animado para revisitar a série, ou mesmo experimentá-la pela primeira vez? Deixe um comentário abaixo e deixe-nos saber!


Não deixe também de conferir todas as promoções que estão rolando na Xbox Live acessando nosso link de ofertas. E se você estiver querendo acessar os jogos do catálogo do Game Pass e sua assinatura estiver acabado não se desespere, você pode renovar seu Xbox Game Pass Ultimate usando esse link com desconto.

Autor

  • DarthMirous

    Meteorologista e Químico de formação, Gamer de coração. Adora quase todos os tipos e estilos de jogos, também curte rock, séries e filmes. Veio pro lado verde em 2015 e desde então é caixista de carteirinha. Forza e Battlefield são suas franquias favoritas. Ah, e World of Warcraft é o melhor MMO!

    View all posts