Estimados jogadores, após compartilhar minhas primeiras impressões sobre “Atlas Fallen”, retorno emergindo do pó e deslizando pelas areias dessa terra repleta de perigos e mistérios. Dessa forma, estou de volta para apresentar minha análise desse jogo desenvolvido pela Deck13 Interactive e publicado pela Focus Entertainment.

| Trailer

| História

No mundo do jogo, a Rainha é encarregada de fornecer a essência a Thelos. Aqui, a Rainha é a avatar escolhida pelo próprio Thelos, o Deus deste reino, que utiliza o Vigia para triturar o mundo e extrair a areia da essência do solo, a qual deve ser entregue em um lugar celestial.

Assim, o jogador assume o papel de um inominável, fazendo parte de uma das caravanas de essência que alterou sua rota por ordens da Rainha. A caravana seguiu um caminho amaldiçoado, deparando-se com uma tempestade e um eclipse solar. Diante desse cenário os guardas fugiram, deixando muitos inomináveis à mercê do destino. Você é um desses indivíduos perdidos, junto com os poucos que restaram da caravana.

  • Está sem Game Pass Ultimate? Então clique aqui e garanta já o seu com desconto.

Nesse reino, os inomináveis são pessoas a quem foi negado o direito a um nome. Como resultado, são chamadas de acordo com as funções que desempenham, alguma característica pessoal ou as ferramentas que utilizam. Assim, durante sua jornada, você será conhecido como o portador da manopla.

Já os Calibãs são monstros que emergem da areia e surgiram há uma década, durante um evento conhecido como expurgo. Nesse período, a Rainha erradicou os Cavaleiros de Bastengar da face da terra, pois eles não serviam a Thelos. Durante sua jornada, você enfrentará esses Calibãs, que variam de tamanho, desde menores até colossais.

Após o ataque dos Calibãs à caravana, você e os demais sobreviventes encontram um local para se proteger contra essas criaturas. É nesse contexto que você encontra o artefato, a Manopla, que concede poderes incríveis de batalha, permitindo enfrentar os Calibãs que emergem das areias em igualdade. Esse artefato proporcionará vantagens para proteger seu povo contra os perigos do reino, trazendo esperança por condições melhores.

| Áudio e Visual

No que diz respeito ao áudio do jogo, é evidente que os desenvolvedores optaram por uma abordagem simples e competente. Os efeitos sonoros durante os combates se destacam como elementos bem executados, contribuindo para a imersão e a intensidade das batalhas. Cada golpe, desvio e movimento é acompanhado por sons distintos, o que adiciona uma camada extra de dinamismo à experiência de jogo.

A trilha sonora épica que embala os combates merece destaque. Ela se encaixa perfeitamente no ritmo frenético das lutas, elevando a emoção e a adrenalina do jogador. As composições cuidadosamente escolhidas proporcionam uma atmosfera empolgante, impulsionando o jogador a mergulhar de cabeça nos confrontos.

Quanto ao áudio, é necessário fazer algumas ressalvas. Em certos momentos, o áudio fica com problemas, como a música que para abruptamente, às vezes durante o combate, ou que fica baixa. Além disso, nos diálogos com alguns NPCs, as falas deles também podem ficar mudas. Apesar de termos um áudio e trilha sonora competentes, essas falhas podem prejudicar a experiência e a imersão do jogador.

Sobre o visual, é importante destacar que o jogo não apresenta gráficos de tirar o fôlego. Embora os cenários sejam convincentes e transmitam a sensação de vastidão, os gráficos permanecem simples e não possuem detalhes que poderiam impressionar os jogadores. Os visuais não se destacam em termos de detalhamento ou realismo, mas ainda conseguem transmitir a atmosfera árida e misteriosa que o jogo pretende retratar.

Em suma, embora não conte com gráficos impressionantes, o jogo compensa com uma direção de arte visual que se encaixa de forma coesa na proposta do cenário desértico e dos ambientes amplos. Os cenários repletos de areias douradas e iluminados pelo sol escaldante criam uma atmosfera única que combina perfeitamente com a temática do jogo. Embora os visuais não exibam uma riqueza de detalhes, eles ainda conseguem evocar a sensação desejada, proporcionando uma experiência visual adequada para a aventura que se desenrola no jogo.

| Jogabilidade

Aqui, temos uma jogabilidade marcada por um combate frenético que oferece diversas opções e combinações de golpes através da manopla, permitindo a habilidade de manipular a areia conforme a sua vontade. Nosso personagem pode saltar e executar saltos duplos, realizar ataques corpo a corpo usando a manopla, desviar no ar e realizar golpes ao permanecer no ar por um determinado período, além de correr e deslizar pelas areias. Vale destacar que a habilidade de deslizar pela areia é singular e agradável, proporcionando uma exploração mais ágil.

Ao abordar a mecânica de combate, ela proporciona diversas habilidades para serem utilizadas durante os confrontos. Dessa maneira, você buscará melhores combinações de golpes, visando atingir os pontos fracos dos inimigos. Quanto aos pontos fracos dos oponentes, será necessário concentrar-se em partes específicas do corpo dos Calibãs, especialmente em relação aos inimigos de maior porte. Dessa forma, será necessário direcionar seus ataques a esses pontos do corpo para infligir danos mais significativos e, assim, alcançar uma maior eficiência em causar dano ao inimigo.

E agora, preciso fazer algumas observações adicionais sobre a mecânica de combate. Apesar de oferecer uma jogabilidade frenética, ela apresenta uma estrutura repetitiva durante as missões do jogo. Isso significa que teremos objetivos e combates similares. Encontraremos inimigos de maior porte nos quais precisaremos focar em causar danos às partes de seus corpos. Além disso, esses inimigos têm a habilidade de invocar outros oponentes menores, o que acontecerá repetidamente ao longo do jogo.

Em meu caso particular, devido à minha preferência por jogar em dificuldades mais elevadas, cheguei a um ponto em que optei por reduzir a dificuldade do jogo para o nível normal. Isso ocorreu devido à estrutura de combate repetitiva e, na minha opinião, desequilibrada, o que tornou a experiência frustrante e cansativa. Além disso, é importante acrescentar que o jogo possui o modo cooperativo. Jogar com um amigo certamente proporcionará maior diversão e poderá minimizar a repetição das missões com objetivos e combates similares. Isso porque a experiência cooperativa oferecerá mais equilíbrio, ao contrário do que eu havia enfrentado jogando no modo solo.

Outra questão que preciso ressaltar é sobre a câmera do jogo durante os combates. Em várias ocasiões, você encontrará dificuldades para controlá-la, principalmente em confrontos com os Calibãs maiores. Ao focar em uma parte específica do corpo do inimigo, a câmera frequentemente assume uma posição desvantajosa para o jogador. Há momentos em que ela também fica bugada. Em um jogo com o estilo de combate como esse, a movimentação da câmera é crucial. Quando ela fica problemática, como aconteceu, acaba se tornando mais um inimigo com o qual o jogador precisa lidar.

| Acessibilidade

Um aspecto de acessibilidade que merece destaque é a inclusão de legendas em português do Brasil. Essa característica é de extrema importância para os jogadores com dificuldades auditivas. As legendas em português garantem que todos possam acompanhar o enredo e as interações do jogo de maneira clara e abrangente, superando barreiras linguísticas e auditivas.

Além disso, os ajustes nos controles representam um elemento crucial da acessibilidade. Permitir que os jogadores personalizem os controles de acordo com suas preferências individuais é um passo positivo em direção a uma experiência inclusiva. Esse aspecto se mostra especialmente relevante para jogadores com limitações físicas, que podem necessitar de mapeamentos específicos para se adequar às suas habilidades.

| Dicas

Uma dica é considerar jogar em modo cooperativo. O jogo oferece a oportunidade de compartilhar a aventura com amigos, e essa escolha pode ser um divisor de águas na sua jornada por esse reino de perigos e mistérios, especialmente devido à estrutura repetitiva das missões e combates. Jogar em cooperação pode amenizar esses problemas, trazendo uma nova camada de dinamismo e diversão à jogabilidade. Enfrentar os desafios ao lado de amigos permite que vocês explorem diferentes estratégias, combinem habilidades e enfrentem os Calibãs com uma abordagem mais tática e colaborativa.

Jogar em modo cooperativo não apenas amenizará os problemas já mencionados, mas também trará uma nova dimensão de diversão e estratégia, tornando a experiência ainda mais gratificante e memorável. Aproveite essa oportunidade para enfrentar juntos os perigos dessa terra ancestral e construir memórias inesquecíveis ao lado de seus amigos.

| Imagens

| Considerações Finais

Estimados jogadores, gostaria de relembrar as minhas primeiras impressões deste jogo, que inicialmente foram positivas. No entanto, após mais de 30 horas de jogo, devo admitir que minha opinião mudou um pouco. Embora tenha apreciado a jogabilidade e alguns aspectos mencionados nesta análise, não posso ignorar a estrutura repetitiva nas missões e combates, assim como os problemas técnicos encontrados durante minha jogatina.

Acredito que muitos desses problemas técnicos serão resolvidos por meio de atualizações futuras. Quanto à repetição excessiva na estrutura do jogo, minha sugestão é considerar jogar no modo cooperativo. Nesse modo, você pode aproveitar o jogo deslizando pelas areias desse reino perigoso com a companhia de amigos, o que pode suavizar a sensação de repetição.

É importante lembrar que cada jogador terá uma experiência única, então, ao embarcar neste jogo, esteja preparado para explorar o reino cheio de perigos e mistérios de maneira cooperativa, maximizando a diversão.

| Avaliação

História
Visual
Áudio
Jogabilidade
Diversão

| Outros Detalhes

VISUAL3D
MODO DE JOGOSINGLEPLAYER / COOP
CONQUISTAS36
TEMPO PARA 1000G20-25 HORAS
TIPORPG DE AÇÃO

Se achou esse jogo interessante, aqui tem os links para as lojas parceiras e se comprar na FullCards pode parcelar até 12 vezes!

Jogo gentilmente cedido para análise pela Focus Entertainment.

Não deixe também de conferir todas as promoções que estão rolando na Xbox Live acessando nosso link de ofertas. E se você estiver querendo acessar os jogos do catálogo do Game Pass e sua assinatura estiver acabado não se desespere, você pode renovar seu Xbox Game Pass Ultimate usando esse link com desconto.

Autor

  • TST Auditore

    Técnico de Segurança do Trabalho com prazer, porque se desejam ficar ricos, escolham outra profissão. Nas horas vagas, me aventuro nos mundos dos jogos, sendo um guerreiro corajoso, um ladrão astuto e um assassino implacável e, é claro, falho em todas essas missões com maestria.