Na vasta tapeçaria dos jogos eletrônicos, a franquia Prince of Persia emerge como uma joia histórica, transcendendo décadas com desafios cativantes. Iniciando sua jornada em 1989 com o título homônimo, o jogo estabeleceu-se como um ícone inigualável dos jogos de plataforma 2D. Desenvolvido por Jordan Mechner, o criador visionário por trás da série, este primeiro capítulo encantou os jogadores com seus movimentos fluidos e ambientes envolventes.

| Trailer

| O Legado 2D

A sequência, “Prince of Persia 2: The Shadow and the Flame“, lançada em 1993, manteve a saga de forma magistral. Desenvolvido por Mechner, o jogo preservou a tradição de plataformas desafiadoras e uma narrativa envolvente. Ambos os títulos estavam disponíveis para várias plataformas da época, incluindo Apple II, DOS e outras, solidificando seu status como clássicos eternos.

Em 1999, “Prince of Persia 3D” marcou uma tentativa inicial de transição para o terreno tridimensional, embora ainda predominantemente baseado em gráficos 2D pré-renderizados. Este título foi lançado para Windows, explorando novas possibilidades sem perder completamente as raízes do formato 2D.

| A Revolução 3D

A verdadeira incursão tridimensional ocorreu em 2003 com “Prince of Persia: The Sands of Time“, desenvolvido pela Ubisoft Montreal. Esse título revolucionário para a época marcou a mudança definitiva para o 3D, apresentando elementos de plataforma e manipulação de tempo inovadores. Com o sucesso dessa reinvenção, a franquia continuou sua jornada sob o selo da Ubisoft.

Posteriormente, a série produziu vários títulos notáveis, incluindo “Prince of Persia: Warrior Within” (2004) e “Prince of Persia: The Two Thrones” (2005), ampliando a narrativa e aprimorando a jogabilidade.

  • Está sem Game Pass Ultimate? Então clique aqui e garanta já o seu com desconto.

| O Renascimento com “The Lost Crown”

Com o lançamento de “Prince Of Persia: The Lost Crown“, este capítulo recente não é apenas um jogo; é um elo com as origens que moldaram essa franquia. “The Lost Crown” não é apenas um retorno às raízes; é uma celebração da herança que definiu o gênero. As plataformas desafiadoras, os desafios de tirar o fôlego e a atmosfera persa cativante revitalizam a experiência clássica de “Prince of Persia”, sendo um tributo ao legado, à magia que só os jogos da série podem proporcionar.

Com “The Lost Crown”, a Ubisoft ressuscitou uma franquia amada; reafirmando o compromisso de honrar suas raízes, garantindo que os adeptos de longa data e uma nova geração possam desfrutar da grandiosidade que é a franquia. Uma jornada que começou em 2D retorna triunfante, erguendo-se das cinzas do passado para nos envolver mais uma vez no encanto atemporal de seus feitos lendários.

  • Perdeu as notícias da semana passada? Então confira tudo que rolou no Resumo da Semana!

| Loja

Se achou esse jogo interessante, aqui tem os links para as lojas parceiras e se comprar na FullCards pode parcelar até 12 vezes!

Jogo gentilmente cedido para análise pela Ubisoft.

Não deixe também de conferir todas as promoções que estão rolando na Xbox Live acessando nosso link de ofertas. E se você estiver querendo acessar os jogos do catálogo do Game Pass e sua assinatura estiver acabado não se desespere, você pode renovar seu Xbox Game Pass Ultimate usando esse link com desconto.

Autor

  • TST Auditore

    Técnico de Segurança do Trabalho com prazer, porque se desejam ficar ricos, escolham outra profissão. Nas horas vagas, me aventuro nos mundos dos jogos, sendo um guerreiro corajoso, um ladrão astuto e um assassino implacável e, é claro, falho em todas essas missões com maestria.

    View all posts