Durante uma recente teleconferência de resultados, o CEO da EA, Andrew Wilson, comentou sobre a importância dos jogos single-player para o portfólio da EA. Os comentários de Wilson durante a teleconferência reiteram que os jogos single-player são uma “parte muito, muito importante do portfólio geral” para a EA.

  • Está sem Game Pass Ultimate? Então clique aqui e garanta já o seu com desconto.

Um recente tweet de piada da EA não caiu muito bem – “eles são dez, mas só gostam de jogar jogos single-player”. O público em geral, assim como muitos desenvolvedores sentiram um certo ar de menosprezo por parte da EA, o que até pode ter ignorado o amor que os gamers em geral tem pelos jogos single-player. Agora, em uma nota muito mais séria, Wilson reiterou a importância dos jogos single-player para a empresa.

Wilson primeiro descreveu o que a EA acredita serem algumas das “motivações centrais” para os jogadores: “inspiração, fuga, conexão social, competição, autoaperfeiçoamento, criação – essas coisas que nos unem como jogadores de jogos. E a criação de mundos, a construção de personagens e a narração de histórias são muito importantes para o cumprimento de algumas dessas motivações.” Wilson continua, acrescentando: “Quando pensamos em nosso portfólio e pensamos em construí-lo, realmente pensamos nele em dois vetores principais. Um, como podemos contar histórias incríveis? E dois, como podemos construir comunidades online incríveis? E então como juntamos essas duas coisas?” Enquanto também discute as ideias de comunidades online e aumenta sua rede, Wilson acrescenta: “E quando pensamos em jogos para um jogador, achamos que é uma parte muito, muito importante do portfólio geral que entregamos no cumprimento dessas motivações principais . E a maneira como planejamos isso ao longo do tempo é apenas olhar para a nossa comunidade, e ver como eles estão gastando seu tempo e ver onde as motivações podem ou não ser cumpridas. E procuraremos complementar isso com a adição de novos jogos online, novos jogos multiplayer e novos jogos single-player.”

Enquanto isso, o CFO Chris Suh observou que os jogos como serviço representam mais de 70% dos negócios da EA: “Se pensarmos no impacto do modelo e no impacto financeiro dele, acho que a primeira coisa a sempre ter em mente é que os serviços ao vivo ainda abrangem, em uma base de 12 meses, mais de 70% do nosso negócio, e isso tem sido um fluxo de receita comprovado, muito confiável e altamente recorrente, e esse ainda será o impulsionador predominante em nosso P&L [lucro e prejuízo] a longo prazo”, explicou Suh.

Alguns dos próximos jogos single-player da EA incluem a sequência de Star Wars Jedi: Fallen Order, Star Wars Jedi: Survivor e Dragon Age: Dreadwolf. O que achou das palavras da EA? Deixe seu comentário e compartilhe com a gente.

Fonte: VGC


Não deixe também de conferir todas as promoções que estão rolando na Xbox Live acessando nosso link de ofertas. E se você estiver querendo acessar os jogos do catálogo do Game Pass e sua assinatura estiver acabado não se desespere, você pode renovar seu Xbox Game Pass Ultimate usando esse link com desconto.

Autor

  • DarthMirous

    Meteorologista e Químico de formação, Gamer de coração. Adora quase todos os tipos e estilos de jogos, também curte rock, séries e filmes. Veio pro lado verde em 2015 e desde então é caixista de carteirinha. Forza e Battlefield são suas franquias favoritas. Ah, e World of Warcraft é o melhor MMO!

    View all posts