Nós últimos anos temos reparado uma boa quantidade de jogos estilo fazendinha, que seguem os mesmos conceitos um dos outros, reerguer uma fazenda deixada como herança, aprimorar suas ferramentas e habilidades, fazer novas amizades na cidadezinha em que você é recém chegado e casar-se e ter filhos. Esse conceito surgiu com um jogo oriental muito popular, conhecido como Harvest Moon, que desde de 1996 até 2010 lançou títulos em quase todos os anos, e ainda após esse período manteve uma boa frequência de lançamentos, sendo que os últimos passarram a ser chamado de Story of Seasons.

Como um jogo de sucesso por mais de uma década, ele foi conciliado por muito tempo como a referência de seu gênero. E tão aclamado quanto, seria difícil qualquer outra empresa arriscar produzir algo para bater de frente. Mas é ai que nos últimos tempos, com o avanço dos jogos indies, produtores independentes que não precisam se preocupar com o alto investimento que uma produtora normalmente teria, podem investir nada mais que seu tempo livre para alcançar seu sonho e entregar jogos que não só conseguiram bater de frente com a já aclamada série de Harvest Moon, mas que ainda trouxeram mais inovações para o gênero, mostrando que um jogo pode ter muito mais do que o padrão estipulado em um gênero.

Em 2016, Stardew Valley bombou e conquistou uma imensa comunidade de jogadores, trazendo consigo mecânicas simples, mas inovadores como seus pontos fortes, o que deram ao jogo uma enorme diversidade de gameplay. O jogo traz diversas histórias bem construídas com personagens marcantes e com um constante trabalho de atualização gerando cada vez mais novos conteúdos para o jogador continuar se divertindo e gastando horas e horas jogando.

Stardew Valley

Provavelmente o seu grande sucesso impulsionou diversas mentes criativas que começaram a trabalhar em seus próprios jogos do gênero, tendo muito mais em comum com Stardew Valley do que com o próprio pioneiro do gênero. Dentre esses jogos temos, Moonstone Island, Hokko Life, Snacko, Everdream Valley, Gaúcho, Coral Island, dentre outros lançados recentemente, sendo que alguns se encontram em desenvolvimento, mas possuindo suas próprias características, histórias e direção de arte, o que apenas acrescenta mais opções de diversão para os jogadores que amam o estilo esse de jogo.

  • Está sem Game Pass Ultimate? Então clique aqui e garanta já o seu com desconto.

Independente se é ou não o estilo de jogo de muitos, eles com certeza são bons ou ótimos jogos, que só enriquecem mais o mundo dos games, dando mais oportunidades de novos jogadores descobrirem esse gênero, e mais opções para os já amantes do estilo, que por sua vez, muitos até mesmo costumam re-jogar o game depois de descobrirem como cada coisa funciona, assim podendo começar sua fazendinha de uma maneira mais bem planejada. Assim, com mais opções de títulos, eles podem ainda vivenciar histórias novas e se aventurar em outras vilas e descobrir e superar novos desafios.

  • Perdeu as notícias da semana passada? Então confira tudo que rolou no Resumo da Semana!

Então, o que acham desse gênero de jogo? Já jogou algum game de fazendinha? Deixe-nos saber nos comentários.


Não deixe também de conferir todas as promoções que estão rolando na Xbox Live acessando nosso link de ofertas. E se você estiver querendo acessar os jogos do catálogo do Game Pass e sua assinatura estiver acabado não se desespere, você pode renovar seu Xbox Game Pass Ultimate usando esse link com desconto.

Autor

  • O J

    Jogador casual e fascinado por histórias desde a infância, agora autor do time GamerManíacos. Jogando sempre que posso e até adormecer no sofá. Gosto de todos os tipos de jogos, exceto de esportes, esporte mesmo, só fora do video-game.

    View all posts