Uma juíza da Califórnia negou um pedido de liminar preliminar da Federal Trade Commission (FTC), permitindo que a Microsoft finalize sua aquisição da Activision Blizzard. A juíza Jacqueline Scott Corley considerou que a FTC não apresentou evidências suficientes para demonstrar que a fusão entre as empresas poderia prejudicar substancialmente a concorrência.

A decisão permite que a Microsoft conclua o negócio, desde que atenda a algumas condições, como fechar no Reino Unido ou negociar com a Competition and Markets Authority (CMA). Os reguladores europeus já aprovaram a transação, mas a FTC ainda tem a chance de recorrer da decisão até 14 de julho. Essa é uma derrota significativa para a FTC e sua presidente, Lina Khan, que tem buscado regular as empresas de tecnologia.

Xbox Activision Blizzard
Xbox Activision Blizzard

A juíza Corley destacou que a aquisição da Activision pela Microsoft é considerada a maior da história da tecnologia e, por isso, merecia atenção. No entanto, a Microsoft se comprometeu a manter o jogo Call of Duty disponível no PlayStation por 10 anos, além de fazer acordos com a Nintendo para trazer o jogo para o Switch e expandir a presença do conteúdo da Activision em serviços de jogos em nuvem. Com base nas evidências apresentadas, o tribunal concluiu que a fusão não prejudicaria a concorrência e, pelo contrário, resultaria em maior acesso dos consumidores ao conteúdo da Activision.

Embora a decisão da juíza permita que a Microsoft feche o acordo com a Activision Blizzard, ainda existem obstáculos a serem superados. O regulador do Reino Unido, a Competition and Markets Authority (CMA), bloqueou a aquisição proposta pela Microsoft em abril e a empresa está atualmente apelando dessa decisão. Além disso, a CMA solicitou o adiamento do recurso da Microsoft, o que poderia prolongar o processo de apelação até outubro. Para evitar complicações, é provável que a Microsoft e a Activision Blizzard estendam temporariamente seu acordo de fusão para cobrir o processo de apelação da CMA. A FTC também terá que decidir se vai recorrer da decisão da juíza Corley até 14 de julho, mas com base em casos anteriores, pode optar por abandonar o caso contra a Microsoft e a Activision Blizzard.

Foi uma grande vitória para a Microsoft hoje e parece que a novela está chegando aos capítulos finais. O que acham? Deixem seus pensamentos e compartilhem com a gente!


Não deixe também de conferir todas as promoções que estão rolando na Xbox Live acessando nosso link de ofertas. E se você estiver querendo acessar os jogos do catálogo do Game Pass e sua assinatura estiver acabado não se desespere, você pode renovar seu Xbox Game Pass Ultimate usando esse link com desconto.

Autor

  • DarthMirous

    Meteorologista e Químico de formação, Gamer de coração. Adora quase todos os tipos e estilos de jogos, também curte rock, séries e filmes. Veio pro lado verde em 2015 e desde então é caixista de carteirinha. Forza e Battlefield são suas franquias favoritas. Ah, e World of Warcraft é o melhor MMO!

    View all posts